“Nem guerra entre torcidas, nem paz entre classes”

ultras_colagem
Ultras Resistência Coral: futebol com muito respeito e ideologia. (Fotos emprestadas da página da Organizada)

No Ceará, existe uma torcida organizada politizada, anti-capitalista, que prega a não violência e se recusa a xingar adversários com ofensas ou músicas homofóbicas ou preconceituosas. São os Ultras Resistência Coral, fãs do Ferroviário Atlético Clube, do Ceará.

Esse time tem história. Formado por funcionários ferroviários em 1933, foi um dos precursores do profissionalismo no Ceará. O Ferroviário já foi a terceira força no Estado, com participações razoáveis na elite do Brasileirão.

A partir de 2010, desceu a ladeira e amargou dois anos na Série B estadual. A caminho do terceiro ano na segundona, ficou com a vaga do Guarany de Sobral, rebaixado por problemas inscrição irregular de jogador e disputará a Série A em 2017. No Brasileirão encontra-se na Série D.

Já a Ultras foi criada em 2005, atraindo muitos jovens por suas posições de críticas à direção do futebol cearense e brasileiro e por sua postura de não pedir nenhuma ajuda para dirigentes. A gente espera que se mantenha assim.

Pra quem não sabe, as organizadas – ou a maioria delas – nasceram do amor aos seus times, levando aos estádios muita vibração e colorido. Porém transformaram-se em bandos que hoje exploram as marcas de seus clubes e vivem em função de si mesmos.

O momento atual, de vandalismo e brigas gratuitas agendadas no Facebook, são resultado de um longo processo de deturpação de sua história que nada tem a ver com o futebol.

Provavelmente se não tivessem suas convicções políticas, os Ultras do Ferroviário teriam muito mais destaque na mídia, apesar da fase ruim de sua equipe. Que sirvam de exemplo por sua atitude pacífica e decente nas arquibancadas.

Autor: Francisco Milhorança

Designer gráfico, artista visual e apaixonado por futebol (não necessariamente nessa ordem).

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s