Rito

torcida_futebol_rito_1por Cláudio Lovato Filho* | Fotoilustração Francisco Milhorança  

É a primeira vez dele no estádio sem o pai, o avô ou os tios; a primeira vez apenas com os amigos (três amigos), e parece que está fazendo tudo (TUDO) pela primeira vez.

Sentiu isso desde que saiu de casa e encontrou os amigos na rua, e depois quando  tomaram o ônibus e cumpriram o trajeto (tão conhecido, tantas vezes percorrido!) até o estádio. E então a compra do ingresso, a subida da rampa, a escolha de um lugar perto do gramado – tudo isso já feito inúmeras vezes, mas agora com o transcendente sabor do novo, do inédito.

E também quando a torcida começou a entoar os cânticos de sempre ele foi tomado pela surpresa, por um encantamento assombrado, e quando o time finalmente entrou em campo (seu time, com os jogadores que ele conhecia tão bem: idade, local de nascimento, número de gols marcados com a camisa do clube), parecia-lhe que estava vendo o time entrar em campo pela primeira vez, e agora ele não gritou nem pulou (como normalmente faz quando está com o pai, com o avô ou com os tios), mas apenas ficou
de pé, com as mãos na cintura, e quando os jogadores levantaram os braços, juntos, em uma saudação dirigida aos torcedores daquele
setor do estádio, ele aplaudiu, muito sério, talvez de um jeito muito parecido com o de seu pai, de seu avô e de seus tios.

Ele não entende com exata clareza o que está ocorrendo, o porquê desse sentimento, dessa sensação de desbravamento e estreia, mas sente-se  muito bem, sente-se em profundo e perfeito contato consigo próprio.
Está orgulhoso e satisfeito. Está feliz. E quando o jogo terminar, e for hora de pegar o ônibus e ir para casa, e de contar aos pais como foi tudo, ele já não será o mesmo, e, entretanto, jamais terá sido ele mesmo de maneira tão fundamental e completa.

lovato* Cláudio Lovato Filho. Gremista, jornalista e escritor. Autor de Em Campo Aberto, Na Marca do Pênalti e O Batedor de Faltas.

 

 

 

 

Autor: Francisco Milhorança

Designer gráfico, artista visual e apaixonado por futebol (não necessariamente nessa ordem).

3 comentários em “Rito”

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s