Rebolo, craque da bola e das tintas

futebol_rebolo_pintura
“Futebol”, 1936. Rebolo faz um autorretrato como jogador e deixa sua crítica à elitização do futebol na figura de seu marcador negro

“Como no futebol, acho que na arte deve-se fazer coisas espontâneas, com a marca do amor e com entusiasmo, para poder se emocionar e emocionar outras pessoas.” Francisco Rebolo

Poucos levaram a experiência futebol-arte tão literalmente quanto Francisco Rebolo. Nascido em 1902, em São Paulo, começou jogando na várzea paulistana. Em 1917, aos 15 anos, ingressou no São Bento, da capital paulista.

A atividade artística jogava junto com o futebol. Atuando meio amadorísticamente pelo São Bento, fora dos gramados dedicava-se a pinturas decorativas de ambientes. E foi isso que o levou ao Corinthians. Em 1922, foi contratado pra pintar a sala da diretoria e acabou convidado pelo jogador Neco a entrar para o clube. Naquele mesmo ano, Centenário da Independência, sagrou-se Campeão Paulista.

No início dos anos 1930, pendurou as chuteiras, já como jogador do Ypiranga, – time paulistano que defendeu após sair do Corinthians – e abraçou as telas e os pincéis, iniciando sua longa e bem-sucedida carreira artística. Foi nessa época que redesenhou o escudo e criou a sua versão que – com algumas atualizações – perdura até hoje.

rebolo_jogador_artista
Rebolo, jogador no Ypiranga e Rebolo artista. Ao lado, o escudo do Corinthians, com a âncora, a bóia e os remos, desenho mantido até hoje, apenas com algumas atualizações

Considerado um dos maiores expoentes da arte moderna brasileira – um dos criadores do famoso Grupo Santa Helena –, caracterizou-se por suas paisagens urbanas, retratando o início da transformação da pacata São Paulo na futura metrópole. Morreu em 1980, com mais de quarenta anos de carreira, obras em diferentes acervos do país e uma forte ligação com o Corinthians.

“Praça Clóvis”, de 1944 e “Praça do Carmo”, de 1936. O crescimento da cidade retratado pelo artista

Autor: Francisco Milhorança

Designer gráfico, artista visual e apaixonado por futebol (não necessariamente nessa ordem).

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s