O golpe certeiro de Zidane que virou escultura

Coup_de_tête_2011_2012_Adel_Abdessemed
“Coup de Tête”, de Adel Abdessemed, em frente ao Centro Georges Pompidou

Final da Copa de 2006 na Alemanha. França X Itália. Empate em 1×1 no tempo normal e na prorrogação. Decisão nos pênaltis, com vitória italiana. O lance mais marcante da partida não foi nenhum dos gols nem os pênaltis.

Aos 5 minutos da prorrogação, Zidane, que havia marcado o gol da França no tempo normal de jogo, mandou um cabeçasso no peito do zagueiro Materazzi em resposta à provocações do italiano. Expulso, não participou das penalidades que definiram o campeão.

Mas seu gesto entrou pra História e foi reproduzido em uma gigante escultura de bronze do artista argelino Adel Abdessemed. Coup de Tête foi apresentada em 2012, na exposição Eu Sou Inocente no Centro Georges Pompidou, em Paris. Com tantas pinturas e jogadas geniais no currículo, não duvido que, consultado fosse, Zidane sugeriria outro lance para ser eternizado (o golaço na final da Champions pelo Real Madri, por exemplo).

Autor: Francisco Milhorança

Designer gráfico, artista visual e apaixonado por futebol (não necessariamente nessa ordem).

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s