“Quando o Futebol Andava de Trem”

 

operario_ferroviario_pontagrossa
Torcida Trem, vibrando com o Operário Ferroviário, de Ponta Grossa/PR

Além de difundir o futebol, um dos maiores legados dos britânicos para o mundo foram as ferrovias. Em todos os cantos onde fincaram sua bandeira ou apenas o seu dinheiro e sua influência, eles construíram caminhos de ferro.

Junto com locomotivas e dormentes, sempre vinha uma bola de futebol. E em torno dela, um ou mais times time era formado. E acabava adotado pela cidade que a abrigava. No Brasil não foi diferente. E, se hoje resta quase nada das antigas estações e rotas ferroviárias, muitos times que nasceram delas permanecem levando o nome as cores para os gramados.

ferroviaria_araraquara_anos60
O esquadrão da Ferroviária de Araraquara. Nos anos 60, não dava vida fácil para os adversários, encarando de frente os grandes do Estado

São inúmeras “ferroviárias” e “ferroviários” Brasil afora. Ferroviária de Araraquara/SP, Ferroviário do Ceará, Desportiva Ferroviária do Espírito Santo. No total, 82 equipes. E tem também aquelas que não trazem a ferrovia no nome, mas nem por isso negam suas origens. Noroeste de Bauru/SP, Paulista de Jundiaí/SP, o ASA de Arapiraca/AL são alguns exemplos de uma lista de 51 times.

trem_desportico_clube_amapa
Trem Desportivo, do Amapá. Fundado em 1947 por operários, traz as origens no nome. (Foto Jonhwene Silva/GE-AP)

quando_o_futebol_andava_de_tremO publicitário e advogado Ernani Buchmann, apaixonado por futebol e trens, foi atrás dessas histórias e conta tudo no seu livro Quando o futebol andava de trem. Além de listar os times, cores e escudos, ouviu pessoas ligadas aos clubes, historiadores e pesquisadores de futebol e de ferrovias.

O resultado é uma grande viagem por diferentes pontos do país, seguindo estradas de ferro imaginárias até um tempo que nunca descarrilou dos corações dos apaixonados por futebol e trens.

Falando em futebol e trens, não tem como não lembrar dessa cena, na Eslováquia. Futebol amador e Maria Fumaça. Impagável.

 

Autor: Francisco Milhorança

Designer gráfico, artista visual e apaixonado por futebol (não necessariamente nessa ordem).

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s