O ritmo de chumbo do Divino

joao_cabral_ademir_da_guia
O poeta e o craque. Uma ode a Ademir da Guia, o Divino

Poesia e futebol sempre dá uma tabelinha encantadora. Quem viu Ademir da Guia jogar não tem a menor dúvida de ter presenciado uma das maiores jóias da história do futebol. E só uma jóia desse quilate pra inspirar o grande poeta João Cabral de Melo Neto (1920-1999), poeta pernambucano que chegou a jogar e ser campeão no juvenil do Santa Cruz. Ele escreveu alguns poemas sobre futebol e Ademir da Guia é um deles, publicado no livro Museu de Tudo, de 1975. Continue Lendo “O ritmo de chumbo do Divino”

Meu pai, meu craque

por Adilson Secco* | Fotos arquivo pessoal

aguinaldo_secco_santosfc.jpg
Aguinaldo Secco jogou muita bola no Santos, Náutico e Bahia. Campeão em todos

Neste mês de setembro fez 80 anos o maior craque que eu já conheci: Aguinaldo Secco. Se você gosta de futebol, vai gostar de saber que esse cara, descoberto quando jogava pelo Jabaquara em meados dos anos 50, fechou contrato com o Santos Futebol Clube em 1959, um ano após o Brasil ganhar seu primeiro título mundial. Continue Lendo “Meu pai, meu craque”

Juiz ruim de conta, campeonato com dois campeões

armando_marques_arbitro
Armando Marques. Polêmico, errou feio na final em 1973

Gosto de futebol desde muito pequenino. De jogar, de torcer, de ir ao estádio ver ao vivo, de escutar no rádio ou ver na TV. E sempre achei duas posições completamente insanas, o goleiro e o árbitro. O goleiro ainda é ovacionado quando faz um bela exibição. O árbitro só é lembrado quando se equivoca. O cara precisa ser muito louco ou muito narcisista, pois um apito a mais ou de menos e a galera vai pra cima. Continue Lendo “Juiz ruim de conta, campeonato com dois campeões”

Goleiro alemão Kahn falhou em 2002. Mas seguiu gigante

oliver_khan_outdoor_alemanha_2006
“King” Kahn. Falha na final da Copa não ofuscou seu prestígio

Há 15 anos o Brasil batia a Alemanha no Japão e faturava a Copa do Mundo pela 5ª vez. Até a véspera do jogo o goleiro alemão Oliver Kahn era considerado o melhor jogador do torneio. Fazia uma Copa impecável.

oliver_khan_copa_do_mundo_2002
Desolado na derrota para o Brasil

Na final, porém, falhou feio no primeiro gol de Ronaldo, e terminou meio que como um vilão. Fundo do poço pro rapaz… nada disso. Os alemães não são como nós.

Enquanto Barbosa, goleiro do Brasil na fatídica final de 1950 contra o Uruguai, ficou estigmatizado para o resto de sua vida como o grande responsável por aquela derrota, Kahn seguiu sua vida. Quatro anos depois, eis o goleirão num imenso outdoor promovendo a Adidas e a Copa do Mundo que seria jogada no seu país. A Alemanha não venceu em casa e Kahn assistiu tudo do banco de reservas. Mas o goleiro seguiu excepcional até encerrar sua carreira, em 2008.

Ave, Totti. Roma e o mundo do futebol te saúdam

Totti_despedida_Roma
Totti festejado por seus companheiros em sua despedida

No último domingo, 28 de maio, o dez do Roma, Francesco Totti, encerrou uma carreira de 24 anos no clube. Que inveja dos romanistas. Ter um ídolo que é craque e que recusa ofertas milionárias ao longo da carreira por ser apaixonado pela camisa que veste, isso não tem preço. Continue Lendo “Ave, Totti. Roma e o mundo do futebol te saúdam”