Goleiro alemão Kahn falhou em 2002. Mas seguiu gigante

oliver_khan_outdoor_alemanha_2006
“King” Kahn. Falha na final da Copa não ofuscou seu prestígio

Há 15 anos o Brasil batia a Alemanha no Japão e faturava a Copa do Mundo pela 5ª vez. Até a véspera do jogo o goleiro alemão Oliver Kahn era considerado o melhor jogador do torneio. Fazia uma Copa impecável.

oliver_khan_copa_do_mundo_2002
Desolado na derrota para o Brasil

Na final, porém, falhou feio no primeiro gol de Ronaldo, e terminou meio que como um vilão. Fundo do poço pro rapaz… nada disso. Os alemães não são como nós.

Enquanto Barbosa, goleiro do Brasil na fatídica final de 1950 contra o Uruguai, ficou estigmatizado para o resto de sua vida como o grande responsável por aquela derrota, Kahn seguiu sua vida. Quatro anos depois, eis o goleirão num imenso outdoor promovendo a Adidas e a Copa do Mundo que seria jogada no seu país. A Alemanha não venceu em casa e Kahn assistiu tudo do banco de reservas. Mas o goleiro seguiu excepcional até encerrar sua carreira, em 2008.

O Medo do Goleiro Diante do Pênalti

Solitário, o goleiro Joseph Bloch percorre uma estrada sem volta

Apesar de sua popularidade e de sua plasticidade, o futebol nunca foi explorado pelo cinema como poderia (ou deveria). É só comparar com o futebol americano e o beisebol, por exemplo. Tem centenas de filmes aonde esses esportes são protagonistas ou pano de fundo pra histórias nem sempre tão interessantes assim. Continue Lendo “O Medo do Goleiro Diante do Pênalti”